Plantas Medicinais

Relação das Plantas Medicinais:

Origem – A palavra “Achillea” refere-se a Aquiles, um herói da mitologia grega. Ele usava a achillea para si e para os soldados feridos na batalha. “Millefolium” significa ” mil folhas” referindo-se as inúmeras folhas, muito pequenas e finas desta planta.

Nomes Populares – Novalgina, milefólio, atroveran, erva-de-carpinteiro, erva-de-cortaduras, erva-dos-carreteiros, milefólio, mil-em-rama, mil-folhada, nariz-sangrento, pronto-alívio, erva-dos-militares, erva-dos-golpes, erva-dos-soldados, erva-de-cortaduras, erva-do-bom-deus, prazer-das-damas.

Parte utilizada – Folhas e flores

Indicações terapêuticas – Infecções das vias respiratórias superiores, ajuda na recuperação de resfriados e é benéfico contra febre. Antiespasmódica, diurético moderado, melhora as condições gerais da circulação, indicado para dificuldade de digestão e falta de apetite, tem propriedade  anti-inflamatória ( utilizada no tratamento de contusões e dores musculares), antiespasmódica, é considerada útil para hemorragias uterinas, cólicas menstruais e hemorroidais, além de ser anti-helmíntica (vermífuga). Utilizada também para feridas (efeito cicatrizante).

Contraindicação – Gestantes, lactantes e em pessoas com dispepsia com hipersecreção gástrica. O suco da planta fresca em contato com a pele pode desencadear fotossensibilização. Doses elevadas podem provocar mal-estar, dores de cabeça e efeito sedativo.

Curiosidade – Outros fins foram utilizados para a planta. Diz-se que a maneira mais eficaz de lançar o I Ching é usando os talos secos da planta. Um antigo provérbio chinês afirma que a Achillea tem a capacidade de iluminar os olhos e promover a inteligência. No ocidente foi utilizada para magias e adivinhações.

A Achillea também é um poderoso repelente de insetos. Muitas pessoas ainda esfregam as flores diretamente na pele ou na roupa para repelir mosquitos. Os nativos americanos no noroeste do Pacífico tradicionalmente pulverizavam um chá de achillea em torno do salmão para repelir moscas famintas. 

Indicações terapêuticas – Antisséptico, anti-helmíntico, antiasmático, anti colesterolêmico, antiespasmódico, colagogo, sudorífico, diurético, expectorante, febrífugo, hipoglicemiante, tônico e vasodilatador. Útil em micoses, candidíase e vaginite.

Indicações terapêuticas – Emenagoga, emoliente, laxante, purgativa, anticancerígena, estimulante do sistema imunológico. Utilizada em doenças de pele, queimaduras, rugas, estrias, cicatrizante.

Indicações terapêuticas – Hipertensão, calmante, tranquilizante, auxilia o sono e é utilizada como diurética.

Indicações terapêuticas – Controla a diarreia, mata os germes e as bactérias. É diurética, anti-inflamatória, diminui a tosse, aumenta a libido, ajuda na digestão, febrífugo, hipotensiva, hipoglicemiante. Usado externamente como antisséptico e cicatrizante.

Contraindicações: Usar com cautela na gravidez. Não fazer uso em conjunto com anticoagulantes, corticoides, e anti-inflamatório.

Indicações terapêuticas – Estomáquico, anti-inflamatório, carminativo, contra azia e litíase, solvente do catarro mucoso das vias respiratórias, anti-helmíntico, antiescorbútico, colagogo, descongestionante, diaforético, diurético, estimulante da musculatura lisa e purgante.

Indicações terapêuticas – Adstringente, hemostático, cicatrizante e antisséptica. Utilizada no tratamento de lesões. O chá da casca para o tratamento de diabetes. Os frutos tratam a tosse e ferimentos externos.

Indicações terapêuticas – Adstringente, antisséptica, antifúngico e antibacteriano.

Indicações terapêuticas – Tônico do estômago, da vesícula biliar e problemas digestivos. Utilizado para expelir lombrigas e outros vermes. Melhora a função do sistema digestivo, relaxa os músculos e trata reumatismo. Antisséptico e carminativo.

Indicações terapêuticas – Antidispéptico, usado em caso de gastrite, azia, má digestão, doenças da bexiga, rins e fígado, cálculos biliares, prisão de ventre, diarreia, gota e reumatismo. Indicado contra vermes, diabetes e má circulação.

Contraindicações: Gravidez e lactantes. Evitar uso em concomitante com medicamentos para hipertensão e diabetes.

Indicações terapêuticas – A casca é utilizada internamente para tratar doenças de pele, asma, dor de garganta, diarreia, desconforto abdominal e topicamente útil para úlceras de pele.

Indicações terapêuticas – Antimicrobiana, anticandida, antibacteriana, anticoagulante, antifúngica, antioxidante, antitumoral, antiviral, cardiotônica, gastroprotetora, hepatoprotetora, hipotensora, imunomoduladora, anti-inflamatório, antiulcerosa e hipoglicemiante. Usado também para artrite, reumatismo e icterícia.

Contraindicações: Não usar na gravidez.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatória, antisséptica, adstringente, cicatrizante, desintoxicante. Usado externamente em caso de picadas, inchaços, queimaduras do sol, erupções cutâneas e irritações da pele.

Contraindicações: Em caos raros pode provocar dermatite de contato.

Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Antidispéptico, anti-inflamatória, antiviral. Usada como purificador do sangue, em casos de sífilis, herpes, úlceras gástricas, edema, febre de todos os tipos, diarreia, analgésico tópico. Em casos de queimadura, feridas, erupções cutâneas e eczema (topicamente)

Contraindicações: Gravidez e lactância

Indicações terapêuticas – Estomáquico, antiespasmódico, sedativo, anti-inflamatório gastrointestinal. Utilizado em casos de colite, cólicas biliraes e meteorismo. Auxilia a reconstituição da flora bacteriana normal.

Indicações terapêuticas – Tônica, diurética, calmante e vermífuga. Útil para os brônquios e catarros bronquiais.

Indicações terapêuticas – O óleo apresenta atividade antimicrobiana, atua nas doenças de ele e proteção contra picadas de insetos. É cicatrizante, anti-inflamatório local. Internamente é utilizado como diurético, expectorante, antimicrobiano das inflamações urinárias e da garganta. O óleo tem ação antisséptica e ação balsâmica.

Contraindicações: Não utilizar por mais de 10 dias seguidos.

Nomes Populares: Catinga-de-barão, córdia, erva baleeira, erva-balieira, balieira-cambará, erva-preta, maria-milagrosa, maria-preta, salicinia, catinga-preta, maria-rezadeira, camarinha, camaramoneira-do-brejo.

Parte utilizada: Folhas

Indicações: Anti-inflamatória, antiartrítica, analgésica, tônica e antiulcerogênica. Reumatismo, artrite reumatoide, gota, dores musculares e da coluna, prostatites, nevralgias e contusões. Cicatrizante de feridas externas e úlceras, efeito protetivo importante da mucosa gástrica.

Indicações terapêuticas – Depurativa, adstringente, diurética, tônico, carminativa, laxante, emenagogo e diaforético. Utilizada para gonorreia, sífilis, nefrite, picadas de insetos, cólicas, problemas da bexiga e diabetes. Externamente empregada para aliviar irritações vaginais, leucorreia e úlceras.

Indicações terapêuticas – Antidiarreica, anti-inflamatória, hipoglicemiante, utilizada para afecções hepáticas, inflamações nos rins e bexiga. Também utilizada para diminuir o teor de colesterol no sangue.

Indicações terapêuticas – Hipoglicemiante, antidispéptico, anti-inflamatório, estimula a secreção da bílis, usada para prisão de ventre, imunoestimulante, antimicrobiana, reduz o crescimento de tumores.

Contraindicações: Pessoas com cálculos biliares, úlcera gastroduodenal. Não utilizar em concomitantemente com anticoagulantes.

Indicações terapêuticas – Antidispéptico, estimula as funções hepáticas e da vesícula biliar. Hipoglicemiante, laxante, usada no caso de cálculos biliares.

Contraindicações: Em cálculos biliares com obstrução dos ductos biliares. Não usar em conjunto com anticoagulantes.

Alternar conteúdo
Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Usado para retenção de líquidos (edemas), é adstringente, usada para estancar feridas, epistaxe e hemoptise. Anti-hemorrágica, antisséptica, carminativa, sudorífica, diurética, galactagoga, hemostática. Internamente usada para cistite, uretrite, doença da próstata e hemorragia interna.

Contraindicações: Pessoas om insuficiência renal e cardíaca.

Indicações: Utilizada como calmante suave em casos de tensão nervosa e ansiedade. Hipotensor, auxilia no tratamento da insônia, estresse, palpitação, dores reumáticas e musculares.

Contraindicações: Na gravidez e lactância.

Indicações terapêuticas – Gripes, resfriados, bronquites e asma. Usado para o alívio da tosse, calefrios, dores de garganta e outras infecções (antisséptica). Seu óleo essencial apresenta ação antibiótica, antiviral e antifúngica.

Contraindicações: Gravidez e lactância. Não utilizar por pessoas com inflamações gastrointestinal e biliar.

Indicações terapêuticas – As folhas são adstringente, febrífugas, aromáticas, antirreumáticas e antidisentéricas. Usado também para remediar resfriados, gripe e tosse. O fruto é utilizado para reduzir a pressão sanguína.

Contraindicações: Nada relatado.

Indicações terapêuticas – Acalma o estômago, diminui a flatulência, previne espasmos intestinais e melhora o apetite. Utilizado para dores de cabeça e enxaqueca, útil como anti-inflamatório e diurético. É galactagogo e usada para conjuntivite.

Indicações: Planta utilizada no tratamento da insuficiência cerebral e os sintomas de vertigens, zumbidos, perda de memória e distúrbio de humor. Doença vascular periférica e retinopatia diabética também podem ser tratadas.

Contraindicações: Efeitos adversos são raros, mas pode ocorrer distúrbios gastrointestinais, dores de cabeça e erupção cutânea alérgica.

Indicações terapêuticas – Fonte de estrogênios naturais, reduz o colesterol, diminui o risco de aterosclerose. É antioxidante, previne a osteoporose, reduz problemas de menopausa, risco de ataque cardíaco e AVC.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatória, usada para atrite, dor nas costas, joelho, dor no quadril, atrite reumatoide, gota, bursite, tendinite, perda de apetite e distúrbios digestivos.

Contraindicações: Portadores de úlceras estomacais e duodenais.

Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Expectorante, utilizado para o controle dos sintomas da menopausa e da dismenorreia. Têm efeito estrogênico, progestagênico e anti-inflamatório.

Contraindicações: Pessoas com distúrbios de coagulação e em caso de tratamento com anticoagulantes e analgésicos.

Indicações terapêuticas – Antialérgica, antiúlceras, imunossupressora, antitumoral. Topicamente utilizada para furúnculos.

Contraindicações: Não fazer uso prolongado.

Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatório, antisséptico, usado contra rinite alérgica, infecções na garganta, cáries, mau cheiro nas axilas e nos pés, aftas e corrimento.

Contraindicações: Não deve ser usado em inalações. Não engolir após o bochecho e gargarejo.

Indicações terapêuticas – Expectorante, anti-inflamatório e antisséptico da cavidade oral.

Contraindicações: Suspender o uso caso apareça reação alérgica.

Indicações terapêuticas – Antidispéptico, Antisséptico, antiácido e protetora da mucosa gástrica. Utilizada contra úlceras gástricas e cicatriza lesões ulcerosas. Possui ação tonificante, anti-úlcera, carminativa, diurética e laxativa.

Contraindicações: Gestação e lactância.

Nomes Populares – Erva cidreira, chá da França, chá de tabuleiro, cidrilha, citronela, citronela menor, erva cidreira europeia, erva Luísa, cidreira verdadeira, limonete, meliteia, melissa romana, melissa verdadeira, salva do brasil.

Parte utilizada – Folhas e ramos

Indicações terapêuticas – Antiespasmódico, ansiolítico e sedativo leve, incentiva o sono, melhora o humor, melhora o desempenho cognitivo, tem um poder calmante sobre o estômago, apresenta propriedades carminativas, hipotensora suave, usada para cefaleias vasculares ou tensionais, zumbidos e vertigens, coadjuvante para tratar epilepsia, útil em casos de hipertireoidismo.

Contraindicação – Hipotireoidismo, pressão baixa e hipersensibilidade. Os efeitos colaterais mais descritos na literatura são a diminuição da pulsação e entorpecimento

Indicações terapêuticas – Antiespasmódica, utilizada no tratamento de dores de estômago causadas por má digestão.

Indicações terapêuticas – Antiespasmódico, antiflatulento, anti-fungicida, anti-inflamatória, analgésica e anestésica. Calmante e digestiva.

Contraindicações: Pessoas com cálculos biliares e obstrução dos ductos biliares, danos hepáticos severos e durante a lactação.

Parte utilizada – Folhas

Indicações terapêuticas – Utilizada para artrose, artrite reumatoide, fibromialgia, dores e inflamação das articulações, dores na coluna, bursite, redução de radicais livres, purificação do sangue, reumatismo e tendinite. Apresenta propriedade Anti-inflamatória, analgésica, antioxidante, antimutagênica, antimicrobiana, antitumoral, hepatoprotetora, tônica digestiva

Contraindicação – Não utilizar em excesso pois pode afetar o sistema digestivo e também pode gerar lesões nas células do fígado, prejudicando seu funcionamento.

Indicações terapêuticas – Expectorante, anti-inflamatório, usado em casos de tosse, bronquite, asma, rouquidão, febre e inflamação na garganta.

Contraindicações: Não utilizar em conjunto com anti-inflamatórios não esteroides.

Indicações terapêuticas – Folhas e caules utilizados como anticancerígeno, antiviral, antibacteriano, antileucêmica, antitumoral, estimulante digestivo, hipoglicemiante e estimulante imunológico. Usado também em casos de câncer, infecções virais (HIV, herpes, vírus de E´stein Barr, hepatite, gripe e sarampo) e bacterianas (Staphylococcus, Streptococcus, Salmonella).

Contraindicações: Pode interagir com hipoglicemiantes.

Alternar conteúdo
Alternar conteúdo
Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Ansiolítico e sedativo leve. Utilizado também na hipertensão arterial e em caso de diabetes.

Contraindicações: Cautela pois pode causar sonolência. Não usar concomitantemente com sedativos e depressores do sistema nervoso.

Indicações terapêuticas – Diurético, auxilia no tratamento de doenças renais e vias urinárias, cistites e uretrites. Empregado em pertubações hepáticas.

Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Em casos de cálculo renal, cistite, corrimento, diurético, frio da bexiga, inflamação da bexiga. Dissolve cálculos biliares.

Contraindicações: Gestação e lactância.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatória, antisséptica da cavidade oral, problemas pulmonares em crianças, úlceras de estômago. Também usado para diarreia, infecções da bexiga e tratamento de feridas.

Contraindicações: Pessoas com hipotensão arterial, obstrução intestinal e por gestantes.

Indicações terapêuticas – Antidispéptico, estimula a atividade do fígado e da bílis. Combate a cistite.

Contraindicações: Gestantes, lactantes, crianças, hipertensos e portadores de obstrução das vias biliares.

Indicações terapêuticas – Hemorroidas, diarreia, constipações, gripe, reumatismo, diurético, hemenagogo, anti-histamínico, anti-inflamatório, antipirético e hipotensora.

Contraindicações: Gestação e lactância

Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Antidisentérico, antisséptico, antibacteriano, antiespasmódico, cardiotônico, analgésica, anticandida, antifúngica, antimalárica, antioxidante, hipotensora, sedativa e vasoconstritora. Utilizado em diarreias, cólicas, candidíase, infecções e amebianos, resfriados, gripe e dores de garganta.

Contraindicações: Em condições cardíacas.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatório, antisséptico da cavidade oral, possui efeito antibacteriano, antidiarreico, anticoncepcional, hemostático e conta amebíase intestinal.

Contraindicações: Não ingerir após o bochecho e gargarejo.

Indicações terapêuticas – Laxante, usada contra hemorroidas, problemas de fígado, digestivos e icterícia.

Contraindicações: Pessoas com obstrução intestinal, refluxo, inflamação intestinal aguda (doença de Crohn), colite, apendicite ou dor abdominal de origem desconhecida. Gravidez e lactação. Não usar por mais de 1 semana.

Parte utilizada – Folhas

Indicações terapêuticas – Bactericida e fungicida, indicado para tratar doenças circulatórias, dor de cabeça de origem digestiva, enxaquecas, estimula a circulação periférica em uso externo, usado em combate a queda de cabelo (estimulante capilar). Carminativo, antiespasmódico, antioxidante, anti-inflamatório, auxilia em dores reumáticas, esgotamento físico e mental (melhora a memória e a concentração), gripe e febre. É analgésico e hepatoprotetor.

Contraindicação – Cautela ao associar com psicotrópicos, estimulantes do SNC. O uso excessivo pode causar náuseas, enjoos, vômitos. Não utilizar em gravidez e na lactância.

Indicações terapêuticas – Antiespasmódica, utilizada contra histeria, epilepsia, vertigem , cólica, lombrigas intestinais, envenenamento e problema nos olhos (cansaço, aumenta a circulação periférica e alivia a tensão ocular). Vermífuga, antirreumática, nevrálgica e anti-conjuntivite.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatório, antisséptico, sudorífico, diurético, hipnótico, sedativo, antitérmico, utilizado em casos de gripe, resfriados, dor nas articulações e controle da febre. Utilizado também em dispepsias, reumatismo, artrite, gota, fases inflamatórias de doenças autoimunes, dor de cabeça e neuralgia.

Contraindicações: Não usar concomitantemente com anticoagulantes, antiácidos, corticoides e anti-inflamatórios não esteroides, gestação e crianças.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatório, cicatrizante ginecológico, antisséptica, utilizado para digestão e gastralgia. Externamente útil para reumatismo e lesões de pele.

Contraindicações: Suspender o uso em caso de aparecimento de reação alérgica.

Indicações terapêuticas – Gastroprotetora, estimulante digestivo, antiulcerosa, carminativa, usada para acelerar a digestão, contra acidez estomacal, equilibra, fortalece e protege o fígado. Tonifica e fortalece o coração. É analgésica, cardiotônica, gastrotonica, hepatotonica e hipotensora.

Contraindicações: Reduz fertilidade em homens. Cuidado em casos de doença cardíaca.

Indicações terapêuticas – Estomáquica, anti-hemorrágica, antirreumática, béquica e odontálgica. Utilizada em contusões, traumatismos, feridas, varizes, frieiras, pruridos, paralisia e fraqueza das articulações.

Indicações terapêuticas – Ação anti-inflamatória, protetora da mucosa gástrica, cicatrizante, antioxidante, antiviral, antiprotozoária, antimicrobiana, antisséptico, hemostático, antiedematogênico, antidiabético, adstringente, anti-hipertensivo, analgésico. Utilizado também em casos de gonorreia, leucorreia, hérnia, malária, afecções hepáticas, queimaduras, diarreias, gastrites, úlceras, reumarismo, problemas renais, dores de garganta, hemorroida e conjuntivite.

Contraindicações: Não utilizar em lesões com processo inflamatório intenso.

Alternar conteúdo

Indicações terapêuticas – Anti-helmíntica, emenagoga, aperiente, laxativa e sudorífica. Utilizado para tosse, reumatismo articular, cólica intestinal, dispepsia, resfriado, defluxo, bronquite e afecções uterinas.

Indicações terapêuticas – Apresenta propriedades antitumorais, antioxidante, utilizado para câncer de mama, ovário e câncer linfático. Útil nos sintomas da menopausa, regula o ciclo menstrual, tonifica e fortalece o coração e previne Acidente Vascular Cerebral. Galactagoga.

Origem – A planta é nativa da America do Sul, na região da Amazônia Peruana, Seu nome é devido a seus espinhos compridos e curvados que lembram a unha de um gato.

Nomes Populares – Unha-de-gato, espera-aí, junpindá.

Parte utilizada – Cascas.

Indicações terapêuticas – Anti-inflamatória contra artrite, bursite, dores reumáticas, tromboflebite, dismenorreia primaria, artrite gotosa, gastrite péptica. Ação imune estimulante, antiviral, antibacteriana, utilizada para resfriados, útil para gastrite e úlcera, herpes labial, genital e zoster, apresenta efeito inibitório sobre a proliferação anormal das células (anticancerosa).

Contraindicação – Contraindicado para grávidas e lactantes.

Nomes Populares – Valeriana-menor, valeriana-selvagem, valeriana-silvestre, erva de São Jorge, valeriana oficial, erva dos gatos.

Parte utilizada – Raízes

Indicações terapêuticas – Calmante, relaxante, melhora a qualidade do sono, controla ansiedade, auxilia no abandono do fumo, auxilia no controle ejaculatório e auxilia no controle da tensão pré-menstrual.

Indicações terapêuticas – Antidiarreica, aperiente, diurética, desintoxicante hepática, colagoga, colerética e analgésica.

Contraindicações: Não utilizar por períodos prolongados.

Indicações terapêuticas – Ação analgésica, anti-hemorrágica, expectorante, utilizado para gripes, resfriados, bronquites e tosses.

Contraindicações: Gestação e lactância.

Indicações terapêuticas – Antiemético, antisséptico, diaforético, anti-inflamatório, carminativo, antidispéptico, expectorante, promove o alívio da digestão, estimula a circulação, reduz dores de cabeça, inibe a tosse.

Contraindicações: Pessoas com cálculos biliares, irritação gástrica e hipertensão arterial. Não utilizar concomitantemente com anticoagulantes.